Localização:

Fale Conosco:

(91) 3201-7700

CataAmazon 2016.

Endereço: 

Campus UFPA - Rua Augusto Corrêa, 01 - Casa do Poema,

Bairro Guamá, 66075-110, Belém, Brasil

NOTÍCIAS

Ex-presidente Lula fala na Expocatadores 2016

 

 

 

 

No primeiro dia de evento já se ouvia falar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitaria a Expocatadores 2016. Segundo a coordenação, não constava na programação para evitar aglomeração fora do local. O ex-presidente chegou por volta das 19h30 no Centro Mineiro de Referência em Resíduo, no dia 28 de Novembro, junto com o Governador do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e uma comitiva de representantes de diversas entidades. Na cerimônia, junto a eles, estavam presentes dois representantes da coordenação do Movimento Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (MNCR), Claudete Costa, do Rio de Janeiro, e Luiz Henrique da Silva, de Minas Gerais.

Durante a fala de abertura o catador Luiz Henrique ressaltou a luta do movimento para conquistar seus direitos em esfera federal “Além de pedir por favor, nós aprendemos a pedir licença”, e a importância do ex-presidente para luta dos catadores a partir da Lei 12.305, de 2010, que estabeleceu o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, cujo ponto chave é a inclusão dos catadores na cadeia de reciclagem dos municípios, “tivemos um momento histórico de reconhecimento da nossa luta, de todos nós catadores e catadoras do Brasil que mudou as nossas perspectivas”, referindo-se ao PNRS.

A catadora Claudete Costa contou um pouco de sua história de vida para enfatizar que “quem diria que um dia eu, mulher, negra, pobre, que já foi camelô, pedinte e catadora do lixão, estaria hoje aqui ao lado do ex-presidente Lula pelo Movimento Nacional dos Catadores e Catadoras, com orgulho da minha categoria”, e pontuou também os desafios atuais do movimento “porque estamos com um novo governo que não apoia nem respeita a categoria, então é tentar manter o que já conquistamos e buscar novos horizontes”, disse.

Eu seu discurso, Lula citou as primeiras reuniões com os catadores no início de seu mandato, em 2003, até a elaboração da Lei e sua efetivação em 2010, “vocês aprenderam uma coisa que eu acho que é a mais sagrada na nossa passagem pelo planeta terra, é a gente exigir que seja respeitado, vocês conquistaram a dignidade e isso vale mais do que dinheiro. Nós provamos que é possível esse país dar dignidade ao seu povo”. Durante o discurso também reconheceu a importância do movimento “vocês conquistaram uma luta, eu não fiz nenhum favor para vocês, vocês que deram uma chance à mim fazendo o governo brasileiro poder cuidar de vocês”, disse.

O ex-presidente também criticou a atual política de austeridade do governo Michel Temer, que tenta aprovar leis de cortes de verbas, como o Projeto de Emenda Constitucional 241, PEC 241/55, que congela o total dos gastos nos serviços públicos, como saúde, educação, assistência social e aposentadoria “se você quer melhorar a economia, você tem que incluir o pobre no orçamento. Tem que gerar emprego, salário, agora se o governo não consegue investir, só fala em cortar, é impossível.”, completou. Sob aplausos, a apresentação do ex-presidente durou cerca de meia hora.

Texto: Flávia Cortez.