Localização:

Fale Conosco:

(91) 3201-7700

CataAmazon 2016.

Endereço: 

Campus UFPA - Rua Augusto Corrêa, 01 - Casa do Poema,

Bairro Guamá, 66075-110, Belém, Brasil

NOTÍCIAS

23/06/2016 - UFPA participa da inauguração de usina de triagem de resíduos sólidos em Marituba

O trabalho tem o acompanhamento técnico da Universidade Federal do Pará (UFPA) e do Ministério Público do Estado juntamente com a Guamá Valorização Energética, administradora do empreendimento.

​Hoje, dia 23, aconteceu a inauguração da usina de triagem da Central de Processamento e Tratamento de Resíduos (CPTR), localizada em Marituba. A usina trabalhará com 35 catadores da Associação dos Catadores de Marituba (Acarema) que participam do Projeto “Incubação para fortalecimento de cooperativas e associações de catadores e catadoras de materiais recicláveis e reutilizáveis – em municípios do Pará” desenvolvido pelo Programa Interdisciplinar Trópico em Movimento (UFPA).

A partir de agora, parte dos resíduos domiciliares recebidos pela CPTR vão passar pela usina de triagem, onde serão separados de acordo com o tipo, como papelão, papel, plástico, alumínio, metal, vidros e garrafas pet.

Para Otoniel Trindade, presidente da Acarema, a iniciativa é importante, pois ajuda no desenvolvimento dos catadores e transforma a vida socioeducativa para melhor. “A nossa categoria é muito sofrida e agora temos a oportunidade de sonhar com um futuro. Sabemos que a realidade só irá mudar quando o poder público, as empresas, os cidadãos e a categoria entenderem que temos que trabalhar em conjunto”.

A usina de triagem está localizada em uma unidade de processamento e tratamento de resíduos que tem também uma estação de tratamento de chorume e faz a drenagem de biogás para futuro aproveitamento em usinas termelétricas.

“Temos aqui um modelo potencialmente sinérgico entre empresas no ramo dos resíduos sólidos e uma entidade de catadores inovadora. Essa parceria nasce a partir da vontade dos catadores de se organizar e se inserir no mercado”, afirmou Thomas Mitschein, coordenador do Programa Trópico em Movimento. A iniciativa pode ser “um novo contexto em que todos os atores sociais envolvidos ganham. A UFPA vai acompanhar o funcionamento do centro de triagem”, concluiu.

Segundo Paulo Leal, gerente da central de processamento de resíduos, a usina de triagem é um equipamento importante para a região metropolitana de Belém, “porque abriga trinta e cinco catadores de materiais recicláveis que irão triar o lixo que vai para o aterro sanitário e para  o centro de processamento e triagem de resíduos”. 

Catador que trabalhou no lixão do Aurá por pelo menos quinze anos, José Raimundo, 55 anos, hoje é associado da Acarema e considera que o espaço irá beneficiar muitas famílias, pois “aqui somos um grupo que atua em parceria, que se ajuda, e agora temos uma infraestrutura boa”.

Lucas Pinheiro, engenheiro sanitarista e ambiental responsável técnico pela unidade informou que a previsão é o processamento de 30 toneladas de resíduos sólidos por dia que pode gerar 4% de resíduos recicláveis.

Texto: Lucila Vilar.